terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Evan Rachel Wood expõe Marilyn Manson: "o nome do meu abusador é Brian Warner"

A actriz usou a sua plataforma de Instagram esta segunda-feira, dia 1 de Fevereiro, para revelar, finalmente, o nome do seu agressor.

Há anos que Evan Rachel Wood"Across the Universe", "Tudo Pode Dar Certo") faz campanha contra a violência doméstica, tendo admitindo ter mantido um relacionamento tirânico que a terá deixado com graves sequelas a nível emocional. Numa entrevista à Rolling Stone norte-americana, em Novembro de 2016 falou de um abuso "físico, psicológico e sexual" às mãos de um companheiro, admitindo ter sido violada por "uma pessoa importante enquanto estávamos juntos".

O seu depoimento, em Fevereiro de 2018, onde assumia ter tido medo de ser assassinada - "eu senti verdadeiramente que podia morrer" - permitiu não só desconstruir o estigma de que "só acontece aos outros" como foi a base para a implementação do "Phoenix Act" que estendeu o prazo para denúncias deste foro de três para cinco anos. Serviu também de alerta e encorajamento de outras mulheres, ao admitir que chegou a ceder ao medo de "retaliação, insultos e chantagens" perpetrados por alguém com mais poder e influência, cuja "indústria" protege. 

Desta vez, as declaracões pessoais tinham como propósito acabar com as cadeias de secretismo auto-imposto, da vergonha e sentimentos de culpa muitas vezes manifestados pelas vítimas e a "responsabilização", que sobre elas recai - lembram-se dos obsctáculos colocados a Jodie Foster n'Os Acusados? E juntamente com outras sobreviventes de violência doméstica conseguiu mudar a lei e voltar a erguer-se, qual Fénix:

"Coisas más podem passar-se mas podes ressurgir das cinzas."

Apesar de nunca ter sido denunciado explicitamente, recaía já sobre o autor da canção "I Want to Kill You Like They Do in The Movies" a suspeita de que seria ele o "homem perigoso" sobre qual Evan advertia, principalmente depois das declarações polémicas à revista Spin em 2009, em este que admitia fantasiar "esmagar-lhe a cabeça com uma marreta"

A relação com Manson, que veio a público em Janeiro de 2007, terá começado quando a protagonista de "Treze" - agora com 33 anos - era ainda uma adolescente, tendo este a manipulado a seu bel-prazer e abusado dela "de forma horrível" durante os três anos e sete meses de relacionamento.

Mais relatos de "lavagem cerebral", "terror psicológico", "privação do sono" "submissão" vieram a lume depois da corajosa denúncia de Wood, que deu voz a outras quatro vítimas do controverso artista.

Os representantes deste, que já tinham negado a veracidade de outras alegações semelhantes, no passado, não emitiram ainda um comunicado oficial mas o músico já se pronunciou na sua conta de Instagram, defendendo a "verdade" de que as queixas não passam de "horríveis distorções da realidade".

Hollywood estava a recuperar dos testemunhos de comportamentos estranhos e violentos da parte de Armie Hammer ("Chama-me Pelo Teu Nome") - cujas acusações variam desde cortes não autorizados em zonas íntimas até ameaças de canibalismo - quando volta a estar no epicentro de mais uma polémica deste calibre. 

A estrela de "Westworld" foi agredida, ameaçada de morte e remeteu-se ao silêncio durante anos com medo de possíveis retaliações e de todo um escrutínio que se pode revelar esmagador mas foi determinada e valente na sua resolução de tentar evitar "que outras mulheres passassem pelo mesmo".

Que sirva como lição e exemplo para outras mulheres na mesma situação de vulnerabilidade. Se se sentem aprisionadas numa relação violenta ou conhecem alguém nessas condições, por favor peçam ajuda: a linha de serviço de informação a Vítimas de Violência Doméstica é esta - 116 006 - e funciona todos os dias úteis úteis das 9h00 às 21h00. 

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Sandes em Tempos de Pandemia - a melhor opção para aqueles dias em que não apetece nada cozinhar

Uma das primeiras palavras do miúdo cá de casa foi "amigo". Quem pegava nele ao colo ficava logo com este rótulo, quem lhe desse sopa de brócolos perdia o título e qualquer pessoa que lhe desse bolachinhas e colocasse a dar  o DVD do "Homem-Aranha", do Sam Raimi, ouvia um muito agradecido "tu és amigo, não és inimigo".

Estou em crer que há ali uma relação causal qualquer entre amizade, cinema e petiscos mas não posso julgar, pois também são das palavras mais importantes do meu léxico particular - todas as outras que me perdoem mas valores mais altos se levantam...

Se a amizade em si já é um conceito fantástico - alguém sem laços de sangue, sem nenhuma obrigação moral e zero "contratual" decide amar-nos, só porque sim - amizade aliada a um bom filme e um bom pitéu então é uma combinação imbatível... e  das coisas de que mais tenho sentido a falta nestes últimos meses. Sinto saudades de juntar as minhas pessoas preferidas no sofá a ver um filme enquanto saboreamos algo apetitoso. Num dos últimos jantares antes da pandemia e porque não queriam dar trabalho nenhum (eu não referi que os amigos valem o seu peso em ouro?) trouxeram-nos bandejas de sandes e nós nunca mais quisemos outra coisa. Foi o que comemos no meu aniversário (até coloquei nas stories do Instagram), na semana a seguir a Diana fez anos e voltámos a encomendar e, no ano novo, sem paciência (ou vontade) para estar a preparar bacalhau só para três, ligámos para a Subway e pedimos uma bandeja só com as subs de almôndegas. Tínhamos mil combinações possíveis mas queríamos começar o ano em grande com as nossas sandes preferidas (as calorias em dia de festa não contam, pois não?).

Imagem exclusiva de "Os Salteadores das Sandes Perdidas", pedido, recebido e digerido por nós

Pode-se encomendar bandejas de Subs (com quatro sandes à escolha cortadas em quatro e mais três molhos à parte) ou bandejas de Cookies (com 12 bolachinhas de sabores diferentes).

O serviço de catering da Subway é algo que temos recomendado a todos os nossos amigos - pela simplicidade, preço e qualidade dos produtos, que são fresquíssimos - e, por isso mesmo, decidimos partilhar este nosso mais recente "vício" também com vocês, nossos fiéis amigos virtuais.

Para os que nunca experimentaram, o processo de escolha pode-se tornar moroso, mas apenas porque a variedade dos produtos à disposição é grande e tudo tem um aspecto absolutamente divinal, mas vamos tentar facilitar-vos a tarefa ponto por ponto:

1. A Escolher do Pão. Tal como em "A Escolha de Sofia", a decisão irá revelar-se árdua, mas qualquer que esta seja (pão branco italiano, integral, de sementes (our personal favorite) ou de queijo e ervas), a satisfação é garantida;

2. Escolher a proteína. E aqui é que as coisas começam a tornar-se tremendamente difíceis: peito de frango, frango Tikka, frango Teriyaki, peru, atum, delícias do Mar, BBQ Pork, salsicha, salame, bife, almôndegas, pepperoni, fiambre, bacon ou hambúrguer vegan. Decisions, decisions, decisions...

3. Escolher o queijo. Parmesão em lascas, mozzarella e Cheddar ralados (nham!) ou Cheddar fatiado.

4. Podemos também adicionar extras como mais queijo, bacon, guacamole (o deles é mesmo caseiro) ou mais proteína.

5. Vegetais! Aqui é onde costumamos "inventar". Opções: alface, cenoura, tomate, pepino, pimento, milho, cebola, azeitona, jalapeño e picles.

6. Molhos, molhos, molhos: Mostarda e mel, barbecue (temos um carinho especial por este), cebola doce, alho vegan, mostarda, ketchup, maionese light, chipotle (um bocadinho picante), césar, vinagre ou azeite.

7. E ainda podemos escolher toppings - cebola crocante, sementes, chilli flakes (que fizeram a criança chorar e beber três copos de água seguidos), pimenta ou sal. 

E agora é só desfrutar, dentada a dentada, da melhor sanduíche que a vossa imaginação conseguiu produzir e os funcionários da Subway, quais génios da lâmpada, tornaram realidade (mas sejam mais criativos que nós, que encomendamos invariavelmente almôndegas ou atum).

Primeira imagem de "When Harry Met Subway"

Vá! Agora vão lá gravar o número da Subway para uma emergência. Depois dêem-nos a conhecer a vossa opinião pois queremos saber se, como nós, there's no place like ho... Subway!

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Novos trailer e poster de «007: Sem Tempo Para Morrer»

FICHA TÉCNICA:
Realizador: Cary Joji Fukunaga
Com Daniel Craig, Léa Seydoux, Rami Malek, Ana de Armas, Jeffrey Wright, Lashana Lynch, Naomie Harris, Ralph Fiennes, Christoph Waltz e Ben Whishaw
Género: Acção / Aventura / Espionagem / Thriller
Data de estreia prevista em Portugal: 19 de Novembro de 2020
Página oficial no Facebook: https://www.facebook.com/jamesbond007PT

CURIOSIDADE:
Daniel Craig assume pela quinta e última vez o papel de James Bond neste que será o 25º filme da saga do agente secreto mais famoso do mundo.

SINOPSE OFICIAL:
Em «007: Sem Tempo para Morrer», Bond, James Bond (Craig) deixou o serviço activo e está a desfrutar de uma vida tranquila na Jamaica. Mas a sua paz termina rapidamente quando um velho amigo da CIA aparece com um pedido de ajuda. A missão de resgatar um cientista raptado acaba por ser bastante mais traiçoeira do que o esperado, o que leva Bond a perseguir um misterioso vilão, armado com uma nova tecnologia perigosa.


Já tens a tua varinha mágica? O caldeirão? Frascos para as poções? Vassoura?


Accio!
Já está disponível o set que vai transportar todos os fãs de LEGO® Harry Potter™ para a Diagon Alley, o icónico local onde o "rapaz que sobreviveu" tem um primeiro vislumbre do fantástico mundo que mudou para sempre o seu destino (e onde Hagrid lhe oferece a Hedwig, como prenda de 11º aniversário).

Já estás a ouvir melodia harrypottiana na cabeça?
♪ Nana na na na na na na, nananana nana, nana nanana nana na na na, na na na na nana ♪
Não? Sou só eu?

Continuemos, então:
Este incrível, formidável, espectacular conjunto, que alia os dois mundos numa peça de exposição absolutamente mágica e versátil (criada pelo nosso talentoso conterrâneo Marco Bessa, há que salientar!), permite-te encontrar todo o material escolar requerido por Dumbledore & Cia.

Podes comprar a tua varinha na Loja de Varinhas do Ollivander™, os teus manuais na Livraria Flourish & Blotts™, recarregar baterias na gelataria de Florean Fortescue™ com um delicioso cone de 23 bolas (ou só duas), comprar penas e tinta suplentes na loja de Materiais de Escrita Scribbulus™ (porque se bem conhecemos o Ron vai estar sempre a pedir-te para usar as tuas) e ir à Equipamentos de Qualidade para Quidditch™ comprar a vassoura mais recente, assim como quaffles, bludgers e, talvez umas protecçõezitas, que este é um desporto um tanto ou quanto propenso a quedas...

No final é obrigatória uma passagem pelo estabelecimento dos empreendedores gémeos - Magias Mirabolantes dos Weasleys™ - onde podes encontrar orelhas extensíveis, que dão muito jeito quando a McGonagall dá aulas em formato gato, um feitiço para remover borbulhas da cara (we've all been there), o espectáculo pirotécnico Wildfire Whiz-bangs, pântanos portáteis e mais 346748635 outros feitiços igualmente recomendáveis.
O mapa de Marauder é que infelizmente já se encontra esgotado. 

Quando já estiveres abastecido podes sempre trocar a ordem das lojas e voltar às compras. O que interessa aqui é usares a mais importante das peças: a tua imaginação.E claro, ter uns Sickles prateados e uns Galleons dourados no bolso - é importante não esquecer isto, pode só faltar um mísero Knut de bronze, que o Ollivander obriga-te na mesma a limpar o pó às caixas todas. Eu cá não arriscava.


Com mais de um metro de largura - o que em contagem LEGO® dá algo à volta de 5.500 (!) peças - esta Diagon Alley é repleta de detalhes vistos nos filmes, que captam inequivocamente o ambiente da rua. O designer português que trouxe a Charing Cross Road à luz do dia quis preservar os "detalhes arquitectónicos do filme" tornando tudo incrivelmente realista, para uma completa imersão no mundo do pequeno feiticeiro mais famoso da literatura. E tudo no conforto da tua casa, nem sequer tens que ir ao beco atrás do Leaky Cauldron andar a mexer em tijolos, nem nada...


Por detrás das pormenorizadas fachadas dos edifícios encontramos muitas das nossas personagens favoritas - o Harry, a Hermione, o Ron, o Draco e o Lucius Malfoy, a matriarca Weasley com a Ginny, o Fred e o George, o Gilderoy Lockhart (esse exemplo de bravura que te vai tentar impingir uma cópia da sua nova biografia), a leal Hedwig, o Sr. Ollivander, o senhor da Gelataria Florean Fortescue e o fotógrafo do Profeta Diário - num total de treze minifiguras, mais a figura maior do Hagrid e o seu mítico guarda-chuva cor-de-rosa.

Se preferires, podes recriar alguns dos teus momentos favoritos desta saga, como a visita do Harry à loja de varinhas Ollivanders™ de «Harry Potter e a Pedra Filosofal», a sessão de autógrafos de Gilderoy Lockhart™ na livraria Flourish & Blotts™ de «Harry Potter e a Câmara dos Segredos» ou comprar alguma poção do amor na loja Magias Mirabolantes dos Weasleys, de «Harry Potter e o Príncipe Misterioso» - mas esse já não recomendamos. Existem boatos que os pais do Voldemort casaram sob o efeito desta poção e daí a sua natureza incapaz de experienciar amor.
Como é que ainda não baniram isto?



Este lançamento traz também consigo uma experiência de realidade aumentada que te vai permitir ver alguns dos incríveis detalhes que foram incluídos em cada loja, bem como algumas das minifiguras a interagirem com este LEGO® Diagon Alley: Harry Potter com a sua nova varinha comprada a Ollivander e os irmãos Weasley a demonstrarem um novo artigo da sua loja de partidas.

E como fazer parte desta experiência de realidade aumentada LEGO®?
Basta acederes a www.LEGO.com/EnterTheMagic no teu smartphone, fazeres scan do Código QR numa loja LEGO, ou da maneira mais LEGO possível: construindo o código QR com as peças que tens em casa e fazer scan com o telemóvel.

Lá, as minifiguras de Fred e George Weasley vão aparecer para receber os fãs na Diagon Alley.
James e Oliver Phelps, que deram vida aos brincalhões gémeos no grande ecrã, juntaram-se à diversão ao criar os seus próprios códigos QR para aceder a este incrível conjunto através de www.LEGO.com/EnterTheMagic

 

O set LEGO® Harry Potter™ Diagon Alley™ já se encontra à venda ao grande público (YEAH! - *inserir aqui pequeno festejo maluco), com o PVP recomendado de 399,99€.

Informações adicionais:
- Recomendado para jovens a partir dos 16 anos;
- Medidas do conjunto LEGO® Harry Potter™ Diagon Alley™: Altura: 29cm / Comprimento: 102,4cm /  Profundidade: 13cm;
- Constituído por 5.544 peças;
- O set inclui as seguintes lojas: Loja de Varinhas do Ollivander™, a loja de materiais de escrita Scribbulus™, Equipamentos de Qualidade para Quidditch™, a gelataria de Florean Fortescue, a livraria Flourish & Blotts™ e a Magias Mirabolantes dos Weasleys;
- Pode ser exposto de várias formas, em fila, em rua (com lojas dos dois lados) ou até com todas as lojas em separado. A ordem das lojas também pode ser alterada;

Sobre o Grupo LEGO:
A missão do Grupo LEGO é inspirar e desenvolver os construtores de amanhã, através do poder de brincar. O LEGO System in Play, assente nos tijolos LEGO, permite às crianças construir e reconstruir tudo o que possam imaginar.
O Grupo LEGO foi fundado em Billund, Dinamarca, em 1932 por Ole Kirk Kristiansen, derivando o seu nome da junção das palavras dinamarquesas LEg GOdt, que significam “Brincar Bem”.
Hoje, o Grupo LEGO, permanece uma companhia familiar, sediada em Billund, sendo os famosos tijolos vendidos em mais de 140 países em todo o Mundo. Para mais informação www.LEGO.com.

Sobre o Wizarding World:
Foi há mais de 20 anos que um jovem Harry Potter chegou à Plataforma 9¾ na Estação de King’s Cross, levando fãs de todo o Mundo a conhecer consigo um universo mágico, criado por J.K. Rowling. Nos anos que se seguiram, os sete livros foram best-sellers e inspiraram oito filmes de sucesso, uma aclamada peça de teatro e a série de cinco filmes de “Monstros Fantásticos”. Pessoas de todas as idades ficaram fascinadas por estas fantásticas aventuras num universo sempre em expansão, inspirado pela visão de J.K. Rowling.


Sobre Warner Bros. Consumer Products:
A Warner Bros. Consumer Products (WBCP) é uma empresa Warner Media que leva o portfolio de marcas de entretenimento e franchises dos estúdios a fãs em todo o Mundo. WBCP faz parcerias com as melhores marcas em áreas como os brinquedos, vestuário, decoração e publicações para levar aos fãs produtos de franchises como DC, Wizarding World, Looney Tunes, Hanna-Barbera, HBO, Cartoon Network e Adult Swim. Com programas de merchandising e de licenciamento inovadores, parcerias, iniciativas e experiências temáticas, a WBCP é um dos lideres mundiais no licenciamento e venda de merchandising.

WIZARDING WORLD and all related trademarks, characters, names, and indicia are © & ™ Warner Bros. Entertainment Inc. Publishing Rights © JKR.

domingo, 30 de agosto de 2020

Último trailer de «Inimigo Desconhecido», homenagem nacional a um dos maiores clássicos do cinema de acção dos anos '80

FICHA TÉCNICA:
Realizador: Rui Constantino
Com Rui Constantino, Pedro Pinecross, Paulo Constantino, Luciana Jesus, Hélder Santos e Miguel Branco
Género: Acção / Aventura / Ficção Científica / Suspense / Terror
Já disponível em Blu-Ray, Blu-Ray 4K e DVD
Sabe mais sobre esta e outras produções em https://constantinofilmes.weebly.com/, https://www.youtube.com/channel/UC8omanVmtJY7g1iHOS06Xmw e/ou https://www.facebook.com/EstudioDeCinemaConstantinoFilmes/

CURIOSIDADE:
«Inimigo Desconhecido» é um tributo a «Predador» (1987), o filme da vida de Rui Constantino, que protagonizou, realizou, produziu e escreveu esta longa-metragem.

SINOPSE:
Um grupo de mercenários numa arriscada missão de resgate é antagonizado por um poderoso oponente que irá colocar todos os seus elementos à prova...


Roy Almeida in Inimigo Desconhecido: Enemy Unknown (2020)
Helder Santos, Miguel Branco, Pedro Pinecross, and Luciana Jesus in Inimigo Desconhecido: Enemy Unknown (2020)
Miguel Branco in Inimigo Desconhecido: Enemy Unknown (2020)

sábado, 29 de agosto de 2020

Chadwick Boseman (1977 - 2020)

 

O actor norte-americano Chadwick Boseman faleceu ontem, depois de uma batalha de quatro anos contra o cancro. Já há algum tempo que se especulava acerca da magreza do também argumentista e encenador mas todos assumiram que esta se devia ao seu papel na mais recente fita de Spike Lee - «Da 5 Bloods».

Protagonista do primeiro filme de super-heróis a ser agraciado com uma nomeação para a categoria de Melhor Filme nos Óscars, Chadwick afirmou numa entrevista à Rolling Stone que devia parte do seu sucesso a um conhecido colega de profissão - Denzel Washington. Quando estava a estudar na Universidade de Howard, no final dos anos '90, frequentou um prestigiadíssimo curso de Teatro da Universidade de Oxford - que não tinha como comportar - apenas porque o vencedor de dois Óscares da Academia interveio e lhe pagou a tuição. Vinte anos passados, na antestreia de «Pantera Negra» Chadwick pôde finalmente agradecer ao seu "padrinho" toda a sua generosidade mas Denzel apenas se mostrou orgulhoso, gracejando que só ali estava para receber todo o dinheiro que lhe era devido. O seu desempenho como Rei T'Challa proporcionou-lhe assim não só a oportunidade de conhecer o seu benfeitor como, também, nas suas palavras, "a honra da sua carreira", que contava já com títulos tão sonantes como «Get on Up - A História de James Brown», na qual imortalizou o "Pai do Soul", «42: A História de uma Lenda», na qual encarnou, "the ultimate game changer" Jackie Robinson, o talentoso atleta negro que lutou para mudar mentalidades e «Marshall: Igualdade e Justiça», que tal como no filme onde encarna o protector de Wakanda, gravou já conhecendo o diagnóstico que lhe viria a ceifar a vida: estágio III de cancro do cólon. 

A sua página oficial de Instagram confirmou o seu falecimento, reportando que apesar da quimioterapia e múltiplas cirurgias, o artista acabou por partir em casa, com a esposa Taylor Simone e demais família a seu lado.

Tinha apenas 42 anos.

domingo, 28 de junho de 2020

«Festival Eurovisão da Canção: A História dos Fire Saga» [Crítica]


FICHA TÉCNICA:
Realizador: David Dobkin
Argumentistas: Will Ferrell Andrew Steele
Género: Comédia / Musical
Duração: 120 minutos

SINOPSE:
Uma dupla pop (Ferrell e McAdams) cuja vocação musical é sistematicamente colocada em causa enxovalhada por quem a conhece vê concretizado o sonho de representar o seu país no Festival Eurovisão da Canção quando, devido a circunstâncias misteriosas, todos os outros candidatos deixam de poder competir. Mas chegados lá, terão o que é necessário para fazerem parte de uma galeria de vencedores onde se incluem, entre muitos outros, os ABBA, Céline Dion e Salvador Sobral?