terça-feira, 13 de setembro de 2016

Academia Portuguesa de Cinema escolhe «Cartas da Guerra» para representar Portugal nos Óscares e nos Goya 2017


Os membros da Academia Portuguesa das Artes e Ciências Cinematográficas escolheram a longa-metragem «Cartas da Guerra», do realizador Ivo M. Ferreira, para representar o nosso país na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, nos Óscares da Academia Americana de Cinema e na categoria de Melhor Filme Ibero-Americano, nos Prémios Goya, da Academia Espanhola.

«Cartas da Guerra» é um filme a uma voz, a de António Lobo Antunes, nas missivas que enviou à sua mulher, Maria José, quando foi alferes em Angola, durante a guerra colonial.

Baseado no livro “D’Este Viver Aqui Neste Papel Descripto: Cartas da Guerra”, de Lobo Antunes, a película estreou em Portugal no passado dia 1 de Setembro, contando com Miguel Nunes, Margarida Vila-Nova, Ricardo Pereira, Tiago Aldeia, João Luís Arrais e Pedro Ferreira nos principais papéis.

Recorde-se que a 89ª gala de entrega dos Óscares está agendada para o dia 26 de Fevereiro de 2017 em Los Angeles, na Califórnia, enquanto que a 31ª edição dos Prémios Goya está prevista para o dia 4 de Fevereiro do próximo ano, em Madrid.
Enviar um comentário