quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Ganha Livro "Assim Começa o Mal"

«Haverá na Europa melhor escritor do que Javier Marías?»
The Independent

Sinopse: Amor, paixão e uma morte misteriosa dão o mote para o esperado novo livro do grande romancista espanhol. Profundo conhecedor da alma humana - do seu lado negro e recantos obscuros - Javier Marías dedica as páginas do seu mais recente romance a uma exploração do desejo, da justiça e da verdade.

Na Madrid de 1980, o jovem Juan de Vere, acabado de sair da universidade, emprega-se como secretário pessoal de Eduardo Muriel, um decano do cinema espanhol. De uma perspectiva privilegiada, quase íntima, assiste à misteriosa desdita conjugal de Muriel e da esposa, Beatriz Noguera, de quem se torna amante.

Muriel encarrega Juan de investigar o passado de um amigo de longa data sobre o qual lhe chegaram rumores de um passado indecente. Na arrogância da juventude e cada vez mais enredado na vida do casal, Juan decide ir além das funções de que fora incumbido e toma iniciativas duvidosas. Depressa descobrirá que, quando não assumimos o passado, toda a vida é construída sobre uma mentira.

ASSIM COMEÇA O MAL é, nas palavras do próprio Javier Marías, «um livro sobre o desejo, como um dos motores mais fortes da vida das pessoas, que por vezes nos leva a passar por cima de qualquer lealdade, consideração e respeito nas relações com os outros.»

Sobre o autor: Javier Marías nasceu em Madrid em 1951. É um dos mais destacados autores espanhóis da actualidade. É autor de "Los Dominios del Lobo", "Travesía del Horizonte", "El Monarca del Tiempo", "El Siglo", "El Hombre Sentimental" (Prémio Ennio Flaiano), "Todas las Almas" (Prémio Ciudad de Barcelona), "Negra Espalda del Tiempo", da trilogia "Tu Rostro Mañana", "Amanhã na Batalha Pensa em Mim" (Prémio Fastenrath, Prémio Rómulo Gallegos, Prix Fémina Étranger), "Os Enamoramentos" e "Coração Tão Branco" (Vencedor do Prémio da Crítica em Espanha, do Prix l'Oeil et la Lettre e do IMPAC Dublin Literary Award), estes três últimos já publicados pela Alfaguara. ASSIM COMEÇA O MAL é o seu último romance. Tem ainda editados vários livros de contos, antologias e colectâneas de ensaios e crónicas. Em 1997, recebeu o Prémio Nelly Sachs, em Dortmund; em 1998, o Prémio Comunidad de Madrid; em 2000, os prémios Grinzane Cavour, em Turim, e Alberto Moravia, em Roma; em 2008, os prémios Alessio, em Turim, e José Donoso, no Chile; e em 2011, o Prémio Nonino, em Udine, e o Prémio Literário Europeu, todos eles pelo conjunto da sua obra. Entre as traduções de sua autoria, destaca-se a de Tristram Shandy. 
Foi professor na Universidade de Oxford e na Universidade Complutense de Madrid. A sua obra encontra-se publicada em quarenta e dois idiomas e cinquenta e quatro países, com seis milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.
É membro da Real Academia Espanhola.

Queres ganhar o exemplar de ASSIM COMEÇA O MAL que, em conjunto com o Penguin Random House Grupo Editorial, temos para oferecer?

TERMINADO
Nome do premiado AQUI.
Enviar um comentário