terça-feira, 7 de março de 2017

Premiados da 37ª edição do Fantasporto


«Realive» (na imagem), do espanhol Mateo Gil, foi o grande vencedor da edição 2017 do Fantasporto - Festival Internacional de Cinema do Porto tendo arrecadado os galardões referentes ao Melhor Filme e Melhor Argumento na Secção Oficial de Cinema Fantástico.
A lista completa de premiados segue abaixo:

SECÇÃO OFICIAL DE CINEMA FANTÁSTICO:

Melhor Filme: «Realive» (Espanha)

Prémio Especial do Júri: «Saving Sally» (Filipinas)

Melhor Realizador: Liam Gavin («A Dark Song»)

Melhor Actor: Frederick Koehler («The Evil Within»)

Melhor Actriz: Catherine Walker («A Dark Song»)

Melhor Argumento: «Realive» (Mateo Gil)

Melhores Efeitos Especiais: «The Darkest Dawn» (Reino Unido)

Melhor Curta-Metragem: «Cenizo» (Espanha)

Menções Especiais do Júri: 
«A Repartição do Tempo» (Brasil) e «Garden Party» (França)


SECÇÃO OFICIAL 27ª SEMANA DOS REALIZADORES:

Melhor Filme: «Ordinary People» (Filipinas)

Prémio Especial do Júri: «Sins of the Flesh» (Egipto)

Melhor Realizador: Kim Jee--woon («A Idade das Sombras»)

Melhor Actor: Park Ji-il («The Net»)

Melhor Actriz (ex-aequo): Nahed El Sebaï («Sins of the Flesh») e Hasmine Kilip («Ordinary People»)

Melhor Argumento: «The Citizen» (Hungria)


SECÇÃO ORIENT EXPRESS:

Melhor Filme: «The Net» (Coreia do Sul)

Prémio Especial do Júri: «Dearest Sister» (Laos)

Menção Honrosa: «Saving Sally» (Filipinas)


PRÉMIO DO CINEMA PORTUGUÊS:

Melhor Filme: «Um Refúgio Azul», de João Lourenço


PRÉMIOS NÃO OFICIAIS:

Prémio da Crítica (ex-aequo): «Caught» (Reino Unido) e «Division 19» (Reino Unido)

Prémio do Público: «Saving Sally» (Filipinas)

Prémio Carreira: Ate de Jong (realizador) e Glória Perez (argumentista)
Enviar um comentário