domingo, 26 de fevereiro de 2017

Patrick Stewart revela que vai deixar de ser o Professor X


Depois de Hugh Jackman, chega agora a vez de Sir Patrick Stewart anunciar igualmente a sua retirada do franchise «X-Men».

De acordo com palavras do actor britânico de 76 anos à rádio SiriusXM, a ideia surgiu-lhe enquanto assistia a «Logan - The Wolverine» com Jackman e o realizador do filme, James Mangold, no Festival de Cinema de Berlim: “Há cerca de uma semana, no festival de Berlim, eu, o Hugh [Jackman] e o James [Mangold] sentámo-nos para assistir pela segunda vez a «Logan - The Wolverine» e eu fiquei muito comovido, bem mais do que da primeira vez em que o vi. Vou até cometer uma inconfidência, mas quando o filme estava quase a terminar houve um momento em que o Hugh pegou na minha mão, eu olhei para ele e vi que ele estava a limpar as lágrimas. Foi aí que me apercebi que eu também estava a limpar as minhas. Assim, momentos antes de subirmos ao palco para agradecer os aplausos e o carinho dos presentes, só pensava que aquela era a melhor maneira de Charles Xavier se despedir do público. Então, virei-me para o Hugh e confidenciei-lhe logo ali: "Acabou para mim também!"”.

Relembramos que Stewart marca presença na saga mutante desde o primeiro capítulo, «X-Men», lançado em 2000, ao qual se seguiram «X-Men 2» (2003), «X-Men: O Confronto Final» (2006), os spin-offs «X-Men Origens: Wolverine» (2009) e «Wolverine» (2013) e a prequela «X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido» (2014), na qual interagiu com James McAvoy, a versão mais jovem do Professor X.

«Logan - The Wolverine», recordamos, chega às salas de cinema nacionais já esta quinta-feira.
Enviar um comentário