terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Douglas Slocombe (1913-2016)


Douglas Slocombe, o conceituado director de fotografia britânico que trabalhou com Steven Spielberg nos primeiros três filmes da saga "Indiana Jones", morreu esta segunda-feira num hospital de Londres, onde estava internado há cerca de um mês na sequência de uma queda.

Nomeado para três Óscares® da Academia - pelo seu trabalho em "Viagens com a Minha Tia" (1972), "Júlia" (1977) e "Os Salteadores da Arca Perdida"(1981) - Slocombe começou a sua carreira como foto-jornalista na revista "Life", partindo daí para uma profícua experiência na Sétima Arte em filmes tão marcantes quanto "A Dança da Morte" (1945), "As Oito Vítimas" (1949), "Roubei Um Milhão" (1951), "O Homem do Fato Claro" (1951), "O Criado" (1963), "Ambição de Glória" (1966), "Por Favor, Não Me Mordam o Pescoço" (1967), "O Leão no Inverno" (1968), "Um Golpe em Itália" (1969), "Jesus Cristo Superstar" (1973), "O Grande Gatsby" (1974), "Rollerball - Os Gladiadores do Século XXI" (1975), "Encontros Imediatos do Terceiro Grau" (1977), "007 - Nunca Mais Digas Nunca" (1983), "Indiana Jones e o Templo Perdido" (1984) e "Indiana Jones e a Grande Cruzada" (1989).

Tinha 103 anos.
Enviar um comentário