quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Quentin Tarantino anuncia reforma


Numa entrevista recente, Quentin Tarantino revelou que pretende sair de cena logo após o lançamento do seu décimo filme: "Gosto de deixar as pessoas a implorarem por mais. Realizar é um jogo para jovens e aprecio a ideia de ter uma conexão umbilical com todos os meus filmes. Não quero achincalhar quem pensa de forma diferente, mas pretendo sair quando ainda estiver em forma. Deixarei um currículo com 10 filmes [Tarantino considera os dois volumes de "Kill Bill - A Vingança" uma só longa-metragem], logo ainda tenho mais dois para fazer após este ["The Hateful Eight"]. Não é algo definitivo, mas é este o plano. Se fizer um bom trabalho no décimo e não estragar tudo será uma boa forma de encerrar a carreira. Se, mais tarde, pensar que posso dirigir mais um, não deixarei de o fazer só porque disse que não pegaria na câmara novamente. Mas, neste momento, dez parece-me o número certo."
Recorde-se que o cineasta de 51 anos já está a preparar o western "The Hateful Eight", cuja rodagem terá início no próximo mês e que contará com a participação de, entre outros, Samuel L. Jackson, Kurt Russell, Jennifer Jason Leigh, Walton Goggins, Demian Bichir, Tim Roth, Michael Madsen, Bruce Dern e Channing Tatum.
Enviar um comentário