terça-feira, 31 de maio de 2011

REVIEW: "Destino infernal"


FICHA TÉCNICA:
Realizador: Patrick Lussier
Actores: Nicolas Cage, Amber Heard, William Fichtner
Género: Acção/ Thriller
Duração: 1 hora e 45 minutos

SINOPSE:
O falecido criminoso John Milton (Nicolas Cage) renasce das cinzas para procurar o líder de um culto satânico (Billy Burke) que é, ao mesmo tempo, o responsável pela morte da sua filha (Arianne Martin) e pelo sequestro da neta. No entanto, no seu encalço tem um estranho personagem chamado "O Contabilista" (William Fichtner), que o quer levar de volta para o Inferno.
A tarefa parece complicada, mas Milton conta com a ajuda da bela e destemida Piper (Amber Heard), que só quer fazer algo de significativo com a sua vida.

O VEREDICTO:
Após o fraquíssimo "São Valentim sangrento", o realizador de origem canadiana Patrick Lussier redime-se (parcialmente) com este "Destino infernal", um desvario pegado com muita acção, cenas absolutamente irreais e uma Amber Heard a destilar sensualidade.
Destaque também para Nicolas Cage (mesmo sem brilhar, tem uma actuação equilibrada) e William Fichtner, que sobressai como "O Contabilista", uma figura um tanto ou quanto incomum e que não descansará enquanto não completar a sua missão.
O grande senão do filme são mesmo os fracos efeitos visuais, que parecem saídos de um série Z. 
De qualquer forma, "Drive angry 3D" (no original) é uma fita à qual se deve assistir sem expectativas de outra índole que não a de nos divertir. 

NOTA (0 A 5):
3

Enviar um comentário